"Todas nós temos anseio pelo que é selvagem. Existem poucos antídotos aceitos por nossa cultura para esse desejo ardente. Ensinaram-nos a ter vergonha desse tipo de aspiração. Deixaram-nos crescer o cabelo e o usamos para esconder nossos sentimentos. No entanto, o espectro da Mulher Selvagem ainda nos espreita de dia e de noite. Não importa onde estejamos, a sombra que corre atrás de nós tem decididamente quatro patas." -Clarissa Pinkola Estés

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Mulheres só precisam de atenção


Mulheres são mais complicadas que os homens. Mentira. Mulheres entendem tudo de acordo com o momento por qual elas estão passando. Nem mentira nem verdade. Mulheres só precisam ser tratados do jeito certo. Verdade.

Meninas, não se ofendam, lembrem-se que a pessoa por trás das letrinhas deste blog também é uma mulher, portanto pensem racionalmente antes de me falar um monte, mas a verdade é que mulheres quando tratadas da forma certa são como bichinhos de pelúcia: fofos, calmos, calados e submissos.

Ok, acho que exagerei na parte do submisso, algumas mulheres são sempre submissas e outras não o são nunca... enfim... toda regra tem sua exceção...

O caso é, meninos, moços lindos do coração da Carolzinha, não é tão difícil assim lidar com o sexo feminino. Vejam só, que tal vocês trocarem as 5 horas de reclamação ("mulher é bicho complicado, ninguém entende e blá blá blá") por 30 minutos de atenção? Não, não é mentira. Se vc tiver meia horinha de conversa com qualquer mulher a sua volta, pode ser a secretária ou a recepcionista da empresa, a prima, a irmã, a cunhada, a amiga da escola, a namorada, a mãe, a tia, qualquer uma(!!!) ela vai ser muito menos mal humorada com você e vc ainda economiza 4,5 horas do seu dia.

Mas calma aí, não é qualquer conversa... seja sincero, se esforce e tente se interessar de verdade pelo que ela fala. Eu sei, é difícil, as vezes ela só tem coisas chatas pra falar e vc ta pensando na queda da bolsa de NY. Ok, te entendo, mas se vc se interessar pelas futilidades dela por meia hora ela com certeza vai ouvir o que vc quiser sobre a economia global. Com muita disposição aliás, mesmo que ela não entenda nada do assunto. E tem mais, vc pode se surpreender e descobrir que a gata,a prima ou qualquer uma daquelas citadas ali em cima entendem da sua economia, do seu futebol, dos seus carros ou seja lá qual é o seu assunto do dia.

Proponho pra vocês o seguinte, se esforcem um pouquinho, sejam pacientes, respondam a tudo, falem de tudo, aturem os papos de TPM, nós sofremos com isso tanto ou mais que vocês ... A mulherada não fala só de sapatos, manicure e revistas de fofoca... Aceitem, depois vocês me contem se a colega da faculdade não é fã dos Yankee's também, se a sua tia não é fissurada por economia oriental e sua prima uma Expert em fórmula 1... e lembrem-se que primo não é parente! Mas isso é assunto pra outro dia...

Quase esqueci, as meninas tem que colaborar também, não adianta o gato se esforçar e aturar as fofocas das amigas e vc não ouvir sobre o futebol de domingo. Tem que ser mútuo, ok?

E pras duas partes: não se esqueçam que um eu te amo faz milagres em qualquer encontro ou despedida. Desde que sincero. E acreditem, nós sabemos quando é sincero e quando não é.

29 comentários:

  1. Nossaaaa... adOrei! É.. é só isso que precisamos! Muito boa a reflexão!

    ResponderExcluir
  2. Obrigado pela visitinha e pelo carinho registrado, falando de voces mulheres, são sim um pouquinho complcadas, não vem com um manual de ins
    trução pra gente entender, mas ai que tá o segredo do sucesso, a essencia da mulher, o tudo de uma mulher é que faz pura a poesia da alma, e entendendo ou não, sendo como são, são essenciais...beijos querida e uma linda noite pra ti.

    ResponderExcluir
  3. que tal o homem começar a respeitar os defeitos e compartilhar os problemas? simples, né?
    falo por nós, homens!

    ResponderExcluir
  4. cama! hahaha
    não estou criticando quem acredita em deus ou deixa de acreditar. só quis ser irônico. aquilo não é uma pregação. é u tapa na cara de quem realmente acha que ir numa igreja já é o suficiente, ou quem le apenas o titulo de uma materia e já se acha um entender.. por isso é "ler para crer"
    as pessoas são acomodadas a fazer nada e usar filosofias como desculpas, mas essas filosofias ninguém lê

    bjs!

    ResponderExcluir
  5. a mulher é uma alma sensível que roça o limite da perfeição.

    ResponderExcluir
  6. Legal as dicas, mas nem sempre funcionam. As pessoas são naturalmente complexas.

    ResponderExcluir
  7. ps... na cadência do samba não funciona. era um projeto antigo em parceria, mas não vingou.

    ResponderExcluir
  8. OMg, menine tenho um amigo que ele reclama tanto d mim, pq fico falando a todo mumento, e ele sempre diz: não entendo as mulheres e vc principalmnete! vou mandar ele ler isso!
    beijos

    ResponderExcluir
  9. É CArol....
    E na falta de todas essas técnicas ele pode usar mais uma: o velho CALA BOCA E BEIJA.....

    Adoreiiiiii
    Ale

    ResponderExcluir
  10. Post de mulher que não ganha atenção. =P
    hahauahauha
    O negócio é que as mulheres nunca entendem do que os homens falam e nós homens nunca conseguimos, por mais que tentemos, prestar atenção nos problemas "insignificantes" dos quais, na maioria das vezes, as mulheres reclamam.
    Mas um pouquinho de atenção e carinho sempre tá valendo. Quando dar carinho se torna uma obrigação as "coisas" já não vai mais tão bem.
    E quem não dá carinho ganha (e merece) chifre."

    (Nem querendo eu ia ganhar aquele concurso. Mas valeu pelo voto. =])

    ResponderExcluir
  11. muito bom o texto.
    É isso aí.
    Gostei daqui.
    Maurizio

    ResponderExcluir
  12. Se os homemens tivessem um pouco mais de paciência, iriam perceber que não é tão complicado assim nos entender.

    =)

    Texto interessante!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  13. ...sabe quando teremos isso
    entre homem e mulher?

    nunquinha...

    mulher não vem com "bula"
    e tudo que precisa ser esmiuçado
    demanda tempo e inteligência...rsss

    ai ai...

    que pecado falar assim dos homens!

    em toda regra existe a exceção.
    sejamos honestos.

    beijo querida!

    gosto daqui!

    ResponderExcluir
  14. Minha querida menina, agora venho agradecer o carinho de sua visita ao Ultimo Barco do Planeta, um prazer ter voce navegando por lá comigo...beijos e uma linda noite...

    ResponderExcluir
  15. Passando pra desejar a bela amiga uma quinta feira cheia de paz e carinho, beijos....

    ResponderExcluir
  16. bela reflexão sis...!Atenção é o que ELES precisam nos dar para nos entender ;)

    Te amo..
    beijos

    ResponderExcluir
  17. atenção, carinho, só isso será q é tão dificíl assim, eles poderiam se esforçar um poquinho mais heim...

    ResponderExcluir
  18. é uma reciprocidade com certeza. As vezes realmente queremos um pouco de atenção e quando a gente tem queremos retribuir.
    E homens sejam compreensiveis viu? hehhe
    brigadona pelo comentario.

    Bom fim de semana, beijoos!

    ResponderExcluir
  19. Boa reflexão.
    Vou tentar aprimorar minha psicologia.
    Bjus.

    ResponderExcluir
  20. Olá Carol,

    Há mais ou menos um ano eu assisti um vídeo em um evento que mostrava a foto lá do blog. Já tinha pocurado muito, mas enfim encontrei. Esse é meu sentimento de uma eterna dançarina, mesmo quando meu corpo não responder mais minha alma será uma eterna bailarina. Eu chamo isso de paixão.

    Quanto ao seu post, acho que vai ser sempre assim com todas as pessoas. Pode ser uma mulher, um senhor idoso, um colega de trabalho que é mais retraído, uma criança. As pessoas precisam e merecem atenção, independente do que elas estejam dizendo, pode ser a MAIOR futilidade do mundo, mas nossa ESCUTA pode ser representar muito naquele momento.

    Beijos, beijos ;**

    ResponderExcluir
  21. Obrigada, querida, por ter comentado em meu blog. O seu é maravilhoso, e estará nos meus favoritos.
    Grande abraço

    ResponderExcluir
  22. Um lindo final de semana pra ti e um beijo carinhoso

    ResponderExcluir
  23. passando para te desejar uma ótima e feliz semana.
    Maurizio

    ResponderExcluir
  24. nós - mulheres - somos o que são com a gente.

    ResponderExcluir
  25. Carolzinha... tô sentindo falta de alguma coisa... ha já sei! Textos novos!heheheh beijos

    ResponderExcluir
  26. Amei teu texto, vc foi feliz no que escreveu. Bjos no coração e estarei sempre por aqui.

    ResponderExcluir
  27. Bom, não gosto de economizar tempo quando o negócio é minha namorada, no começo ela amava isso, eu dava atenção em excesso para ela, carinhos, e tudo mais, eu era o sonho da vida dela, menos de um mês depois já estávamos com problemas, enjoei dela, mas passei cinco dias na casa de um parente o que fez com que eu sentisse saudades dela, voltei disposto a fazer o que fazia no começo, e o fiz, passou um pequeno tempo e ai ela não estava mais tão animada comigo, tivemos algumas DRs (dizem que homens não gostam disso, é... mas as vezes é necessário) no meu caso não teve muito jeito, em uma mesma festa tivemos três DRs, e terminamos, logo depois voltamos, mas não é a mesma coisa, quando ela começou a 'enjoar', acho que o nosso relacionamento acabou.


    Hoje, penso, será como que eu deveria tratar uma mulher? Se a primeira com que tenho uma experiência que realmente considero valida de um relacionamento, com demonstrações de amor, carinho e muita atenção, está indo cada vez mais para o fim.

    Será que é está mesmo a forma que as mulheres querem ser tratadas?
    Com compreensão carinho e amor? ou somente dizem isso para colocar a culpa nos homens de seus relacionamentos fracassados terem terminados?


    Meus pais estão a mais ou menos 16 anos casados e juntos já a uns 20 anos (não tenho certeza desses números), meu pai nunca foi de dar muita atenção a ela, e nunca deixa de assistir o futebol dele, ou as corridas.

    Eu poderia citar a minha família inteira aqui dizendo e dizendo que o sucesso dos casais da minha família foram todos obtidos sem muita atenção, mas não adiantaria, não vou ser levado a sério, então olhem para seus pais ou um casal que usufruiu do sucesso, para ver como eles lidam com o relacionamento, infelizmente acho que o meu não vai dar certo, espero que vocês tenham mais sorte que eu, e não sei se volto a cometer o mesmo erro dando atenção assim para uma mulher (que não seja minha mãe é claro, por que de mãe eu não mudo só de namorada).

    Sei que provavelmente meu comentário vai ser apagado antes mesmo de terem terminado de o ler, ou que serei no mínimo xingado pelas mulheres aqui presentes, mas contei a minha realidade...

    ResponderExcluir
  28. Anônimo, por achar que eu apagaria seu comentário vc não deve fazer parte do meu círculo de amigos. Não sou desse tipo.

    Sabe, há muitos anos eu tratei um cara que me enchia de amor e carinho da mesma forma que vc foi tratado, eu tinha 14 anos e não sabia lidar com esse tipo de situação. Tenho 21 agora, são momentos da vida e amadurecida eu preciso de alguém interessado em ouvir o meu dia e não só em falar. Preciso ser ouvida com interesse, ser sentida com interesse, que a pessoa dispense um tempinho do seu dia pra se dedicar a mim.

    Amadureci e preciso de pessoas maduras e dispostas a compartilhar. Talvez faltasse isso a sua ex-namorada, mas nem todas as mulheres são como ela. Juro!

    Interessante sua escolha de leitura, visto que esse texto foi postado em 2009. Obrigaad pela visita.

    ResponderExcluir

Sinta-se em casa!