"Todas nós temos anseio pelo que é selvagem. Existem poucos antídotos aceitos por nossa cultura para esse desejo ardente. Ensinaram-nos a ter vergonha desse tipo de aspiração. Deixaram-nos crescer o cabelo e o usamos para esconder nossos sentimentos. No entanto, o espectro da Mulher Selvagem ainda nos espreita de dia e de noite. Não importa onde estejamos, a sombra que corre atrás de nós tem decididamente quatro patas." -Clarissa Pinkola Estés

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Cuidar de mim (!?)

Uma das minhas características mais marcantes é essa coisa se ser mãe. Não biologicamente, essa pretenção eu nem tenho, mas comportamental. Sou mãe dos meus amigos, eles são minhas crias e se alguém ou algo mexe com eles, de cabra viro leoa, do tipo mais feroz e agressiva que se pode imaginar, defendo meus filhotes com minhas garras, presas, corpo e alma.
os5gatos.blogspot.com(barra)2011(barra)01(barra)diversidade-na-adocao.html&usg=__Flm0zI2tfTixIMyOq99HXwVGiR4=&h=300&w=400&sz=4
Mas não é só no sentido de proteção que eu sou assim, sou assim também no zelo do dia-a-dia. Gosto de acarinhar, de dar colo, de ouvir o que acontece, de aconselhar quando possível. No meu abraço cabem os mundos de todos os meus amigos, dos velhos e dos novos (e não falo necessariamente de idade) e ainda sobre espaço pr’aqueles que virão.
Não acho justo me julgarem por gostar mais de dar do que de receber carinho. Nem acho juntos me julgarem por proteger meus amores\ amigos\ filhos\ irmãos acima de qualquer coisa, não acho junsto me julgarem por fazer um ou outro sacrifício pelo bem estar de algum deles. Eu faço isso sim, e mesmo que eles não saibam disso, eu vou continuar fazendo, eu não preciso mostrar pra eles. Eu os poupo o quanto eu posso porque me sinto bem assim, prefiro vê-los bem a ganhar aglo momentâneo que pode ser-me dado depois, sem magoar ninguém.
Não me julguem. Quem me conhece já me conhece assim, não me escondo de ninguém. Se se aproximou de mim e eu já tinha essa característica, por que reclamá-la agora? Deixe—me ser eu. Deixe-me cuidar daqueles que amo, porque é o melhor jeito de eu cuidar de mim.

2 comentários:

  1. Gostei do texto, muito bom.
    E vc tava sumida hein, apareça mais.

    beijo :)

    ResponderExcluir
  2. Muito interessante o Blog,
    Gostei muito do que vi por aqui.
    E te convido para conhecer meu espaço, caso queira dar uma olhada, seguir..;

    http://www.bolgdoano.blogspot.com/

    Muito Obrigada, desde já.

    ResponderExcluir

Sinta-se em casa!